/noticia/dos-17-municipios-reconhecidos-pelo-premio-municipio-sustentavel-15-sao-clientes-betha
  • Início
  • Notícias
  • Dos 17 municípios reconhecidos pelo “Prêmio Município Sustentável”, 15 são clientes Betha

Acompanhe nossas notícias

« Voltar à listagem de notícias
  • 16/03/2017 Dos 17 municípios reconhecidos pelo “Prêmio Município Sustentável”, 15 são clientes Betha

    Joinville está sediando mais uma edição do Congresso Catarinense de Municípios, promovido pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam), em parceria com as 21 associações do Estado. Durante o evento, que ocorre entre os dias 14 e 16 de março, uma série de atividades vem sendo realizada, como palestras, oficinas e debates sobre administração pública. Merece destaque, também, o "2º Prêmio Município Sustentável", que movimentou a Expoville na manhã dessa quarta-feira e teve como base o Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável (IDMS) de 2016. Dos 17 premiados, 15 são clientes da Betha Sistemas e mostram que é possível melhorar os serviços disponibilizados à população por meio do estudo de indicadores.


    Entre os premiados está o município de Treviso, que ficou na terceira colocação geral e em primeiro lugar no Índice de Dimensão Econômica. O prefeito Jaimir Comin esteve no local para receber os troféus e a homenagem. De acordo com ele, este reconhecimento é resultado da união do poder público, da tecnologia e dos cidadãos, que juntos têm o objetivo de fazer o município prosperar e se desenvolver cada vez mais. “Isso serve como motivação para continuarmos olhando para o futuro da cidade”, conta Comin.


    Outro cliente da Betha, representando o prefeito de Jaraguá do Sul, o secretário da Fazenda Márcio Erdmann, também esteve presente e recebeu o primeiro lugar geral no IDMS, além da primeira colocação no Índice de Dimensão Sociocultural. Ele aproveitou a oportunidade e enalteceu a importância de seguir os indicadores para o planejamento e avaliação da gestão. “A evolução destes números é primordial e depende de nós, gestores, a implantação de ações cada vez mais eficazes”, pontua.


    A ideia do prêmio é justamente esta, garante o diretor de Articulação Institucional da Fecam, Celso Vedana. Ele comenta que o IDMS é um instrumento de apoio ao gestor, para que ele defina as políticas públicas, monitore os resultados e estimule a equipe de trabalho. “Cada departamento cuida de uma vertente que prevê a melhoria da qualidade de vida do cidadão. E o prefeito precisa cuidar do todo, acompanhar a evolução e adotar medidas para que isso aconteça. Por isso a importância de trabalhar em cima desses indicadores”, comenta o diretor.


    A premiação foi dividida em categorias e os dados coletados entre 1º e 30 de setembro de 2016. O diretor Comercial da Betha, Anderson Felício, diz que assim a empresa consolida sua marca e missão, desenvolvendo software para maior eficiência da gestão pública. “Mesmo que indiretamente, contribuímos para que os 15 municípios fossem premiados. Sabemos a importância de ter bons sistemas para uma gestão integrada e eficiente. Estes municípios acreditaram no que a Betha ofereceu e hoje colhem bons frutos”, complementa.


    Conheça os municípios premiados

     

    O Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável se baseia em uma série de indicadores. Após a coleta, os municípios avaliados podem alcançar a nota 1, que é a máxima. O ranking geral foi liderado por Jaraguá do Sul, que atingiu 0,790, e completado por Joinville (0,768), Treviso (0,761), Joaçaba (0,758), Blumenau e Bombinhas, empatados na quinta posição com 0,754.


    Entre os municípios que mais evoluíram no IDMS entre 2014 e 2016, destaque para Palmitos, com crescimento de 13,58%. Imaruí, com 13,05%; Chapecó, 11,62%; Xaxim, 11,27% e Gravatal, com 11,15%.


    Além destas categorias, os municípios melhores classificados em cada uma das dimensões do IDMS também foram reconhecidos. Jaraguá do Sul ficou em primeiro lugar no índice Sociocultural; Luzerna em Educação; Nova Erechim, em Saúde; Joinville, em Cultura; Lajeado Grande, em Habitação; Treviso, na dimensão econômica; Navegantes, na área ambiental; Piratuba, no quesito político institucional; Bombinhas, em finanças públicas; Joinville e Blumenau, na análise sobre gestão pública; e Rio Fortuna, em participação social.

     

Compartilhe essa notícia
Notícias relacionadas
  • 22/05/2017
    Colaboradores da Betha celebram Dia do Abraço

    Enquanto a tecnologia avança, o contato físico entre as pessoas torna-se cada vez menor. Com a intenção de diminuir esta distância, a Betha Sistemas realizou uma ação em alusão ao Dia do Abraço, comemorado nessa segunda-feira, dia 22 de maio. Em toda...

  • 05/10/2016
    Workshop da filial Rio do Sul leva aperfeiçoamento aos profissionais de Contabilidade

    A atualização constante exigida na contabilidade pública levou cerca de 45 servidores até a sede da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), localizada em Jaraguá do Sul, para um workshop realizado pela filial Rio do Sul da Betha Sis...

Acompanhe nossas Redes Sociais
Instagram Instagram
x Normas e Procedimentos

INFORMAÇÕES

A sua inscrição estará finalizada somente após o recebimento do e-mail de confirmação, enviado pela Universidade Corporativa. A Universidade Corporativa reserva-se o direito de cancelar o treinamento se a quantidade mínima de inscrição não for atingida. Para solicitar qualquer informação sobre nossos treinamentos, acesse a página de contato ou ligue: (48) 3431-0733 Rama: 4792

FORMAS DE PAGAMENTO

Normas Financeiras:
1 a 2 inscrições por instituição: pagamento integral;
3 inscrições por instituição: 15% de desconto;
4 ou mais inscrições por instituição: 20% de desconto.

Através de Sose:
A SOSE será enviada ao participante por e-mail e deverá ser reenviada (digitalizada) assinada pelo responsável do setor junto aos dados de Empenho (se necessário), antes da realização do treinamento. O faturamento será efetuado posteriormente, em nome da instituição participante.

Através de Boleto (PF):
No caso de faturamento para pessoa física, é enviado por e-mail ao participante, o boleto para pagamento. Este deverá ser quitado antes da realização do treinamento e reenviado (digitalizado). Após o pagamento do mesmo, é enviada a nota fiscal.

Observações:
Das pessoas que se inscreverem e não comparecerem ao treinamento será cobrado uma multa de 30% do valor de cada inscrição, em fatura.
Não será reembolsado o valor pago na inscrição a clientes que não comparecerem ao treinamento sem aviso prévio.

x