/noticia/com-machine-learning-betha-sistemas-preve-reprovacao-e-evasao-escolar-logo-no-inicio-do-ano
  • Início
  • Notícias
  • Com Machine Learning, Betha Sistemas prevê reprovação e evasão escolar logo no início do ano

Acompanhe nossas notícias

« Voltar à listagem de notícias
  • 28/03/2019 Com Machine Learning, Betha Sistemas prevê reprovação e evasão escolar logo no início do ano

    Utilizando Inteligência Artificial de forma preventiva, nove em cada 10 evasões poderiam ser evitadas


    A tecnologia é uma importante aliada da educação. Pensando nisso, e buscando oferecer uma ferramenta de apoio aos profissionais da área, a empresa Betha Sistemas passa a utilizar Machine Learning em suas soluções. Do inglês “aprendizado de máquina”, o ramo da Inteligência Artificial permitirá que as escolas tenham, logo no primeiro bimestre, uma previsão sobre quais alunos estão propensos a evadir ou a reprovar no fim do ano letivo. A ferramenta é preventiva e emitirá uma notificação assim que identificar o perfil do estudante em questão, possibilitando aos professores uma ação imediata e o acompanhamento durante todo o período escolar.

    O analista de Requisitos da Betha, Anmer Machado, explica de que forma isso ocorrerá. “O Machine Learning consiste em, basicamente, ensinar o computador sobre determinado assunto, e assim ele chegará às respostas que precisamos”, diz ele, ao detalhar: “para alcançar este objetivo na educação, inserimos na máquina os dados reais de municípios diferentes, avaliando aproximadamente 65 mil perfis de alunos e seus desempenhos nos anos anteriores. São informações dos últimos 15 anos, como residência, idade, curso, frequência escolar e se os estudantes reprovaram em anos anteriores. Criamos um extenso banco de dados, o que permite previsões fiéis à realidade”, completa.

    O desenvolvimento da funcionalidade iniciou no fim de 2018 com pesquisas e coleta dos dados. De acordo com o arquiteto de Sistemas da Betha, Bruno Bitencourt Luiz, o cenário que envolve a evasão e a reprovação foi o que mais se destacou na área da educação, uma vez que, somente em 2016, o Brasil gastou R$ 16 bilhões ao reprovar 3 milhões de alunos. Isso equivale a 8% do que foi investido pelo Governo Federal em educação no mesmo ano.

    “O aprendizado é contínuo com nossos algoritmos de Machine Learning. À medida que os perfis dos grupos mudam, são realizadas novas análises, mantendo sempre o conhecimento atualizado. Isto dá resultados cada vez mais próximos da realidade e possibilita a identificação de fatores de risco. Algo que seria praticamente impossível de ser feito por seres humanos, uma vez que a exatidão da Inteligência Artificial está intimamente ligada ao volume de informações que o algoritmo consegue processar”, diz Bruno, ao lembrar que o foco da Betha, neste momento, transita entre o ensino fundamental e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). “A Inteligência Artificial vem para auxiliar na destinação correta dos esforços humanos e financeiros, apoiando a educação e identificando precocemente possíveis casos que podem ser tratados”, complementa.



    Município de Bombinhas será piloto do projeto


    Após a análise das informações de diferentes redes escolares, os algoritmos alcançaram resultados significativos. Em algumas entidades, por exemplo, foi possível prever cerca de 85% das reprovações considerando o perfil do aluno e o desempenho no primeiro bimestre (faltas, notas, etc). Já com relação à evasão, o percentual de acerto foi superior a 90%, o que equivale a dizer que, utilizando a funcionalidade, já no início do ano poderiam ter sido tratadas nove de cada 10 evasões. Após este resultado, considerado bastante satisfatório pelos profissionais da Betha, Anmer conta que o projeto passa para a próxima fase. “Agora partimos para a pilotagem. O município de Bombinhas (SC) experimentará a funcionalidade em primeira mão, para já termos respostas reais no primeiro semestre”, fala. 

    Conforme o Diretor de Projetos e Tecnologia do município, Ricardo Osvaldo da Silva, a expectativa com relação ao uso da ferramenta está alta. “Tudo o que vem para agregar é bem-vindo, e utilizar a tecnologia a favor da educação será de enorme valia. Poder, de certa forma, prever o futuro,  viabiliza que a gestão tome as providências necessárias antes que o fato realmente aconteça”, diz ele, ao complementar: “estamos muito felizes por sermos pilotos deste projeto incrível, pois sabemos o quanto isso será bom para a nossa comunidade escolar”.

    O Machine Learning será utilizado na solução de Professores da Betha, que gerencia as atividades dos professores em sala e faz o acompanhamento desde o planejamento da aula até o envio das informações à secretaria escolar. O módulo faz parte da linha de Educação e Gestão Escolar

    Para mais informações, acesse http://www.betha.com.br/produto/educacao-e-gestao-escolar/educacao.



    Sobre a Betha


    A Betha Sistemas é uma empresa de base tecnológica, especialista no desenvolvimento de soluções em software para gestão pública. Atuando no mercado nacional há mais de 30 anos, tem sete filiais e 20 revendas distribuídas em todas as regiões do país. Possuindo, atualmente, cerca de 40 produtos, em 2019 a empresa entra em uma nova fase, migrando toda sua carteira do desktop para a Nuvem. Assim continua contribuindo com o desenvolvimento dos municípios, integrando informações, oportunizando uma gestão ainda mais eficaz e aproximando-se da sociedade.


Compartilhe essa notícia
Notícias relacionadas
Acompanhe nossas Redes Sociais
Instagram Instagram
x Normas e Procedimentos

INFORMAÇÕES

A sua inscrição estará finalizada somente após o recebimento do e-mail de confirmação, enviado pela Universidade Corporativa. A Universidade Corporativa reserva-se o direito de cancelar o treinamento se a quantidade mínima de inscrição não for atingida. Para solicitar qualquer informação sobre nossos treinamentos, acesse a página de contato ou ligue: (48) 3431-0733 Rama: 4792

FORMAS DE PAGAMENTO

Normas Financeiras:
1 a 2 inscrições por instituição: pagamento integral;
3 inscrições por instituição: 15% de desconto;
4 ou mais inscrições por instituição: 20% de desconto.

Através de Sose:
A SOSE será enviada ao participante por e-mail e deverá ser reenviada (digitalizada) assinada pelo responsável do setor junto aos dados de Empenho (se necessário), antes da realização do treinamento. O faturamento será efetuado posteriormente, em nome da instituição participante.

Através de Boleto (PF):
No caso de faturamento para pessoa física, é enviado por e-mail ao participante, o boleto para pagamento. Este deverá ser quitado antes da realização do treinamento e reenviado (digitalizado). Após o pagamento do mesmo, é enviada a nota fiscal.

Observações:
Das pessoas que se inscreverem e não comparecerem ao treinamento será cobrado uma multa de 30% do valor de cada inscrição, em fatura.
Não será reembolsado o valor pago na inscrição a clientes que não comparecerem ao treinamento sem aviso prévio.

x